logo-brasil-sul

botoes
  • Home
  • Blog
  • Casa
  • Entenda a diferença entre os tipos de Tintas para a pintura Residencial

Entenda a diferença entre os tipos de Tintas para a pintura Residencial

Uma dúvida bastante comum na hora de pintarmos qualquer ambiente da nossa casa é: que tipo de tinta devo usar?

O mercado de hoje disponibiliza infinitas possibilidades de cores, marcas e tipos de tintas para as mais diversas aplicações. Este artigo será focado na pintura de ambientes, sejam internos ou externos.

Hoje é possível você criar a cor exata que deseja em lojas especializadas. Fornecendo um código de pigmentos, sendo o mais comum o CMYK (cyan, magenta, yellow e black), é possível chegar a qualquer tom imaginável de cor, sendo processada por uma máquina específica (com até 12 canais de cores) para a formulação do CMYK. Concluímos então que: além das cores já disponibilizadas pelas marcas, é também possível criar uma tinta com uma tonalidade de cor exata desejada por você.

Agora que você já sabe qual cor quer pintar, chega a grande questão: que tipo de tinta usar?

Atualmente as tintas mais comumente encontradas são: Acrílica, Látex (PVA), Esmalte (Sintético), Epóxi e poliuretano. Vamos entender melhor qual a serventia de cada tipo.

Tinta Acrílica

A tinta acrílica, como o látex é solúvel em água e seca rapidamente. Sua principal diferença às outras tintas pode ser resumida diretamente na fórmula: contém resinas acrílicas, o que proporciona a parede pintada uma alta impermeabilidade já na primeira aplicação, tornando-a extremamente eficaz para pinturas externas.

Mas não restrinja o uso da tinta acrílica aos ambientes externos. Também é interessante aplicar em ambientes que tendem a ser ter mais umidade. Por exemplo: cozinha, lavabo e paredes de jardim. As tintas acrílicas podem ser lavadas, o que também a torna mais útil na aplicação destes ambientes.

O acabamento acrílico geralmente é mais brilhante (mesmo na versão fosca) que o do látex, logo, o acabamento final é um fator importante na escolha. Parece a escolha ideal, não? Pode ser que sim, mas vale ressaltar que a tinta acrílica é cerca de 30% mais cara que o látex.

Tinta Látex (PVA)

O látex é o tipo de tinta mais usado na pintura de interiores residenciais. Mas o que PVA tem a ver com tudo isso? Eis que PVA (abreviação em inglês para Acetato de Polivinila) é o nome da principal substância hoje usada para a fabricação da tinta látex. Quem sente uma enorme vantagem com a tinta látex é o pintor, uma vez que a tinta é feita com base solúvel em água, pode facilmente ser lavada, sejam os pincéis e rolos, ou espirros acidentais em outros revestimentos, dispensando o uso de removedores como o Thinner.

Importante: após a secagem, quando necessária a limpeza, a tinta látex não deve ser lavada diretamente, sendo recomendado usar apenas um pano úmido, justamente por ter base solúvel em água. Esta dica também serve para que a tinta não seja aplicada em áreas de chuva.

acabamento da tinta látex é excelente para interiores, uma vez que tendem a ter um acabamento fosco, o que em muitos casos, cria mais espacialidade se comparada a tinta acrílica que tem uma característica mais delimitadora.

Também é excelente para uma sobre pintura, ou seja, pintar sobre uma pintura já existente, exceto onde a pintura antiga tem o acabamento brilhante.

Sua secagem é rápida e a tinta possui um baixo odor na aplicação, o que também torna a pintura mais agradável.

Tinta Esmalte ou Esmalte Sintético

O esmalte (também chamado de esmalte sintético) era uma tinta com base a óleo, hoje a composição é similar a base óleo, mas a fórmula é sintética, o que faz dela não solúvel em água.

A tinta esmalte é geralmente usada para metal e madeira,  tornando mais duráveis o acabamento de janelas de ferro, corrimãos e estruturas metálicas leves, por exemplo. É também tradicionalmente usado em portas de madeira, pela facilidade de manuseio e limpeza, podendo ser lavado com água.

O acabamento das tintas esmalte sintético tem alto brilho, mesmo nas versões foscas, criando uma “película” onde aplicada. Por este motivo, não é recomendável sua aplicação direta na parede, pois podem surgir bolhas e até descascar.

Por ter uma aplicação específica, o custo deste tipo de tinta é mais alto que as demais.

Tinta Epóxi e Poliuretano

Este tipo de tinta é de difícil manuseio, pois sua aplicação depende de muitos fatores, como diluição em solventes e catalizadores para auxílio da pintura. Tem base sintética e não é solúvel em água.

Por ter um aspecto extremamente impermeabilizante, é recomendada para pinturas de lugares molhados ou inundados, como: caixas d’água, piscinas, banheiros, boxes e lugares onde a presença da água é iminente. Os revestimentos cerâmicos são altamente usados nestes ambientes, o que torna a opção da tinta epóxi bem interessante pra fugir do convencional.

É de extrema importância que a aplicação dessa tinta seja feita por mão de obra especializada, como dito acima, é uma aplicação delicada e depende de íntimo conhecimento dos materiais.


Existem muitos tipos de tintas e técnicas de pintura: sprays, pinturas magnetizadas, tintas para pisos, etc. Além disso, a pintura geralmente é acompanhada ou até feita com outros materiais, como massas, texturas, etc.

A pintura é um nicho muito especial pela variedade oferecida. E lembre-se procure sempre mão de obra especializada para evitar problemas futuros com a pintura, ou até mesmo problemas de saúde (causados por excesso de inalação de produtos, etc).

Autor: www.blog.construbasico.com.br

Deposito

logo

O Deposito Brasil Sul comercializa materiais de construção oferecendo produtos de qualidade para você. Para melhor atendê-lo dispomos uma loja em Londrina e outra em Cambé.
contato@depositobrasilsul.com.br

Londrina

Telefone: (43) 3323-5942

Endereço: R. Belém, 61 - Centro,


Londrina-PR, Cep: 86026000

Cambé

Telefone: (43) 3254-1740

Endereço: Av Esperanca, 2730 - Jd Bela Suiça


Cambé-PR, Cep: 86186260